• IMG_1338
  • GOPR38551
  • IMG_16691
  • DSC028631
  • Slider1

Xilitla e Las Pozas de Edward James

Segue o Roteiro dia a dia apresentado no post Huasteca Potosina
 
Dia 01: Xilitla 
 
Xilitla 1A cidade é um dos 83 “Pueblos Mágicos” do México, um programa da Secretária de Turismo que concedeu este título a lugares que representam a alma mexicana através da cultura, história e  belezas naturais.No alto de uma montanha, o centro histórico é bem pequenininho e facilzinho de conhecer. Uma praça e uma igreja. Domingo acontece a feira local cheio de barraquinhas coloridas.
Às vésperas do maior feriado nacional, el Día de Muertos, vi a cidade se preparando para as festas. Artesões fazendo oratórios de flores. Procissões por todo interior e muita dança e comida em volta dos coretos.
 
Feira de domingo e as flores para o Dia de Mortos

Feira de domingo e as flores para o Dia de Mortos

Como resolvi muito em cima da hora, não achei hotéis disponíveis pela internet no centro da cidade e como não queria chegar tarde sem um pouso fiquei a 17km na cidade de nome impronunciável Huichihuayán, o que não foi nenhum problema já que estava de carro alugado.
Maria del Refugio. Barato, sem café da manhã. Bastante simples, mas confortável. Fui muito bem atendido.
Recomendo o restaurante Querreque que fica ao lado da igreja no centrinho. Gostoso, charmoso e barato.
Existem poucas agências de turismo e, por isso, não são tão baratas. A estrutura de turismo ainda é deficiente. Para quem não vai alugar carro, ficar em Ciudad Valles seja melhor.
 .
Las Pozas de Edward James
 
Las PozasLas Pozas 2Diferente de Salvador Dali que afirmou que jamais moraria em um país mais surreal que suas  obras, o milionário inglês se mudou para o norte construindo seu paraíso particular em meio à natureza. Um castelo e jardim que expandem a realidade com escadas que levam ao céu, orquídeas e formas bizarras de cimento e inúmeras instalações abstratas. É um labirinto para se perder, esquecer de encontrar o caminho certo e curtir o que aparecer pela frente. Tudo justificado pela personalidade de um cara que só curtia andar pelado, colecionava animais exóticos e evitava limpar as cagadas de pássaros que levava para não interferir no meio.
Da para ir a pé do centro, mas não tão pertinho. Melhor ir de carro.
Entrada por 50 pesos. Pode fotografar e filmar a vontade, mas não pode usar tripé (vai entender…)
Para fotografar é difícil achar ângulos legais pelas grandes dimensões vs distância, mas o lugar é incrível.
Levar roupa de banho. Tem cachoeiras e piscinas naturais lindas para nadar.
Levar também roupa confortável e repelente.
las Pozas4
 
Links:
Roteiro: México
Huasteca Potosina. Monte seu Roteiro
Dia 2: Sótano de las Golondrinas e Tamul
Dia 3 e 4: Cascatas de Tamasopo e Tampico

0 Comentários