• IMG_1338
  • GOPR38551
  • IMG_16691
  • DSC028631
  • Slider1

Sótano de las Golondrinas e Tamul

compartilhado do site www.wondermondo.com

compartilhado do site www.wondermondo.com

Sótano de las Golondrinas

Uma das maiores cavernas verticais do mundo com 376m em queda livre ou 512m se contarmos um prolongamento que começa em uma pequena passagem no fundo da caverna.
A caverna fica em Aquismon, 44km de Xilitla. Resolvemos jantar lá na noite anterior à descida ao Sótano.
É um povoado bem pequenininho e sem outros atrativos. Fica a 8km por uma estrada de terra a partir da estrada principal. E como havia chovido passamos um aperto com medo de atolarmos, mas correu tudo bem. Apesar de nada para ver, jantamos maravilhosamente bem em um dos restaurantezinho da cidade por preço de banana.
Este local serve de refúgio natural a milhares de andorinhões de coleira branca . Quando amanhece elas levantam voo saindo todos ao mesmo tempo. O barulho dos numerosos pares de asas ecoados pela caverna, junto ao desenho espiralado das aves até o topo parecem uma projeção na pedra. Talvez fosse uma experiência sensorial mágica, se não fosse pela quantidade de pessoas para assistir o espetáculo natural.
Se a idéia for apenas assisti-las sair e estiver com carro próprio. O passeio pode ser feito tranquilamente por conta própria. A estrada é razoavelmente bem sinalizada (apesar do aplicativo de navegação off-line CityMaps2Go ter ajudado muito em vários momentos) e o ingresso custa apenas 30 pesos.
Elas costumam sair pouco antes das sete da manhã, mas é recomendável se informar em seu hotel ou agência por variação do clima ou época do ano. A descida até o buraco é fácil, porém longa e feita no escuro da madrugada. Por causa da chuva estava escorrendo igual quiabo.
Rapel Sótano

Sem apoio, sobe e desce, vai e vem, roda no próprio eixo. Rola uma onda.

Como não ia perder a oportunidade de descer a quarta maior caverna vertical do mundo (caberia a Torre Eiffel dentro dela!!!!) fiz o tour com uma agência.
É um passeio caro. 5000 pesos sem negociação ou pela internet. Consegui 4000 para um ou 3500 se fosse para os 2. Ou seja uns R$850,00 por cabeça. Muito caro, ainda mais para padrões mexicanos
A descida por rapel só pode ser feita por aventureiros experientes. Curiosos como eu são descidos e içados por 8 homens, o que talvez justifique o preço.
Como a caverna é vertical e içada por mãos humanas, subir e descer em um balanço vai e vem e com rotação no próprio eixo pode dar uma onda ou, para os mais sensíveis, uma mareada.
Em baixo não há muito o q ver, além da pedra onde uma paraquedista morreu ao cair (o esporte foi proibido por isso ali), uma pequena cápsula do tempo e toneladas de mierda de golondrinas!
As descidas só podem ser feitas depois da saída dos pássaros até às 14hs para não atrapalhar o retorno dos pássaros. Nem de março a julho, devido à época migratória.
376m ao fundo; mucha mierda de golondrinas!

376m ao fundo; mucha mierda de golondrinas!

Cachoeira de Tamul
Cachoeira de Tamul

Cachoeira de Tamul

Talvez a maior maravilha da região e, com certeza, o click inicial para despertar meu interesse. Majestosa pela dimensão e pelo azul da água.

Fiz um tour diferente do que li a respeito. Como durante as noites da minha estadia chovia muito, o rio Tampaón não estava navegável. E por isso também não tão turquesa como nas fotos do Google.

Uma caminhonete nos levou até um ponto acima da cachoeira e dali fizemos uma trilha no sentido contrário. Seguindo por mirantes no alto até descer e assisti-lá bem debaixo sob esplendor do seu véu.
Se houver oportunidade, faça o passeio dessa forma também. Há alguns pontos para banho.
O jeito QUE NÃO FIZ é alugando lanchas ou canoas que seguem rio acima até a cachoeira, passando por cânions e até uma gruta.
Se for por conta própria, os passeios podem ser organizados facilmente na cidadezinha de Tanchachín.

Links:

Roteiro: México

Huasteca Potosina (Monte seu roteiro)

Dia 1: Xilitla e Las Pozas de Edward James

Dia 3 e 4: Cascatas de Tamasopo e Tampico

0 Comentários