• IMG_1338
  • GOPR38551
  • IMG_16691
  • DSC028631
  • Slider1

San Andrés: Roteiro de 4 ou 7 dias

Para um roteiro mais confortável, não contei o dia de chegada, nem o dia da partida, mas tenho certeza que você conseguirá adaptar seu roteiro facilmente. San Andrés é para uma semana ou só para o finzinho dela. Ajuste e divirta-se!

Cheguei numa segunda meio dia. Era tarde para um programa mais elaborado, mas rolou uma prainha e depois do banho uma volta no centrinho e no calçadão da Praia Peatonal.

Dia 1: Volta com o Carrinho de Golfe

Se estiver um dia bonito. Faça logo este passeio. Eu adiei para fazer outras coisas com uma turma que conheci e no dia que planejei caiu um toró danado. Resumo da ópera: Conheci outras ilhas, mas nada além do centrinho de San Andrés. Kkkkk

O clássico é rodar a ilha,  que tem forma de cavalo marinho, de carrinho de Golfe. Chorado sai por 60.000 COPS (R$83,00) de 10 às 18 hs. Mas rola fazer de Mula, um carrinho mais rápido. Táxi, bicicleta ou de moto. E não precisa de carteira, nem de capacete, nem nada…rs

Existem ônibus que fazem o trajeto, mas se você tem pouco tempo na ilha não é recomendável. Eles demoram a passar e estão quase sempre cheios.

Praia Peatonal

Praia Peatonal

Jhonny Cay ao fundo

Fernanda e Aline arrasando no volante.

Fernanda e Aline arrasando no volante.

 

A experiência e fotos são de amigos. Com um mapinha na mão, os pontos são facilmente alcançados e segundo eles é um passeio imperdível 🙁  Rola fazer o passeio com calma  e com tempo para tudo neste período da locação.

O assédio nos pontos principais é muito, seja por propinas ou para pressionar ao consumo. Salvo algumas taxas de preservação, você não tem que pagar nada para estes caras, mas meus amigos acabaram cedendo algumas vezes pela encheção de saco.

Dia 2: Cayo Bolívar

O passeio à Cayo Bolívar para mim foi o ponto alto da viagem. Vendido inicialmente por 180.000 COPs é possível chorar desconto. Conseguimos fazer por 140.000 em uma lancha privada para seis pessoas.

Passeios regulares não saem todos os dias e, na alta estação,  convêm reservar assim que chegar na ilha.

São 45 minutos de emoção em lancha rápida e um mar de tirar o fôlego.

O passeio inclui almoço, frutas, refrigerante e cervejas colombianas à vontade. Biritamos tanto que quando resolvi levantar para tirar minhas fotos, o sol já tinha abaixado e as cores do mar já não eram a mesmas.

O lugar é o estereótipo da ilha deserta. O atol inteiro tem 6,4km por 3,5km de largura e nem 10% disso está acima das águas. A única civilização é um destacamento do exército colombiano com apenas 12 soldados; a praia não tem espreguiçadeiras, guarda sóis ou nem mesmo banheiro. Um sonho!

Saímos à 8hs e voltamos as 16hs mais ou menos. Como quase todos os programas do naipe, recomenda-se sapatilhas apropriadas para pisar nos corais sem se machucar e snorkel.

Dia 3: Mergulho de Garrafa

Apesar do dia claro, pancadas de chuvas insistiam em cair regularmente no dia do meu mergulho, mas se em cima do mar haviam tormentas, debaixo d’água a paz reinava.

Mergulhar no Caribe é uma experiência única mesmo para quem já está acostumado. A visibilidade e a biodiversidade é de impressionar.

A dica é escolher seu sítio de acordo com o que quer ver e procurar por este programa nas agências. Claro que por causa do tempo e condições do mar é comum roteiros serem mudados, mas geralmente, quando se mergulha junto à grupos de mergulhadores de primeira viagem os passeios são mais perto, rasos e por isso, não necessariamente os melhores lugares.

Escolhi a agência Caribe Azul. Paguei 140.000 COPs pelo aluguel do equipamento completo para 2 mergulhos. Meus amigos fizeram batismo, que inclui uma saída rasa para um minicurso e um novo tanque para o mergulho inaugural por 130.000 COPs.

Geralmente em batismos os instrutores ficam “prendendo” os mergulhadores o tempo todo, achei os profissionais dessa agência seguros o suficiente para deixar meus amigos livres como em um turismo/discovery regular sem tirar a atenção deles.

Nosso mergulho juntos foi no sítio La Trinca, que na verdade é uma seqüência de 3 pontos: La Piramide, Bajo Camilo e Palacio de las Raias. São rasos, de incrível visibilidade e ideal para iniciantes; já para mergulhadores mais experiente não há muito para ver.

Meu mergulho independente foi no Blue Wall, um paredão com grande biodiversidade e com boa possibilidade de nadar com tubarões. Não foi o meu caso.

Fiquei sabendo que em Providência tem um mergulho exclusivo para nadar com eles usando peixes leão como isca para atrair os tubarões.

Similar do Acquanauta. Cancun

Similar do Acquanauta. Cancun

O peixe leão é uma praga no mar das sete cores alimentando dos pequenos peixes coloridos e estragando o coral. A captura deles é liberada para tentar reestabelecer o equilíbrio da biodiversidade local.

Um clássico é o Blue Diammond, um naufrágio de um barco que transportava drogas afundado à bala pelo governo. Não é muito grande e só profissionais experientes entram nele. Em todos casos vale muito a visita, porque é bem bonito.

El faro é o melhor ponto para mergulhos noturnos e de dia é bastante colorido. Cheio de vida, corais e esponjas. Falando nelas, o melhor ponto para ver as gigantes esponjas barril é o Punta Padi.

Os peixes maiores como as garoupas (podem chegar a 70Kg) estão nEl Cantil de Nirvana.

Palácio de las Chermas é um paredão com uma fenda que se inicia abaixo dos 30m. Ali embaixo uma pedra grande e lisa é conhecida como o Trono de Netuno.

E existem mais uma porção de outros pontos de mergulho.

Se a garrafa não é para você, que tal tentar o escafandro. Minha mãe, que não sabe nadar, fez em Cancún e adorou. O mergulho com capacete pode ser feito em West View e é conhecido aqui como Acquanauta. Basta colocar o escafando e ir literalmente andando debaixo d`água. Um tubo de ar comprimido desce até seis metros de profundidade para garantir sua segurança sem você precisar criar brânquias.

Existem mil opções de passeios na ilha, como alimentar as arraias no fim de tarde, snorkel etc…

Dia 4: Rose Cay e Jhonny Cay

Este é o passeio mais conhecido de San Andrés. Por 15.000 COPs você compra ida e volta. Os passeios saem de manhã à toda hora e regressam próximo de 14:30h.

As duas ilhas são lindas. Rose Cay, Conhecida como Acuario é um pedacinho de areia branca e um montinho de verde em um canto; senão fosse a multidão seria muito pitoresco.

Rose Cay é mesmo um Aquário!

Rose Cay é mesmo um Aquário!

DCIM101GOPRO

Jhonny Cay, a mais famosa, é linda em seu entorno, mas no meio é cheia de restaurantes tipo quiosques caça-níqueis e suspeitos.

As ilhas são muito bonitas mesmo com o tempo instável, mas a quantidade de gente (e olha que era baixa temporada) me incomodou um bocado.

San Andrés é veraneio de muitos nativos e a impressão que tive é que o colombiano é ainda mais farofeiro que o brasileiro. Cadeira de praia, toalha ou canga para quê? Eles gostam de tomar sol ao estilo à milanesa e não é raro casais se enterrando na areia ou idosos tampando areia um no outro.

As ilhas são muito bonitas mesmo com o tempo instável

IMG_5493

Farofa em Jhonny Cay

As donas da ilha são as Iguanas e lagartixas azuis aos montes. E no dia que fui foi visto um crocodilo marinho, vai saber…

Fiquei com vontade alugar um Jetski à tarde para dar uma volta por lá com menos gente. É possível, mas eu não tive tempo. Façam por mim e me contem.

Plus Providencia

Estenda a sua viagem em mais 3 dias se houver possibilidade. A 72 km ao norte de San Andrés está Providencia e a ilhota de Santa Catalina. Declaradas pela UNESCO como Reserva da Biosfera. Elas são ainda mais bonitas e melhor preservadas pelo isolamento.

Providencia abriga a terceira maior barreira de corais do mundo (atrás da Australiana e a de Belize) e a natureza intocada de uma ilha “quase deserta”. Ela é longe, mais cara e com bem menos turistas.

Eu fiz um programa de índio danado para chegar a Providência e contei tudo aqui. Mas decidi pesquisar para você não cometer o mesmo erro.

O ideal é passar pelo menos 2 noites  na ilha ou uma, se optar pelo vôo, que 0 poupará um tempo significativo.

O jeito mais barato é ir de catamarã (130.000 COPs). Eles saem em dias alternados às 8hs da manhã de San Andrés e as 15hs de Providência. A viagem de ida costuma ser bastante agitada, eles inclusive já disponibilizam um comprimido de ‘dramim’ antes mesmo de você entrar no barco. A volta costuma ser mais tranqüila.

Outra opção é ir de avião. A passagem gira em torno de 150 a 200 mil COPs por trecho. O vôo sai do aeroporto de San Andrés de manhã. É um avião pequeno para 20 passageiros mais ou menos e, portanto, há restrição de bagagem em 10kg por pessoa. Além de ser rápida, a viagem dura 20 min, você ainda vai ter o panorama incrível da ilha vista de cima; aliás, o mar do Caribe deve ser visto de cima pelo menos em uma de suas viagens. É algo inexplicável.

Mar Caribenho. Vôo de helicóptero em Punta Cana

Mar Caribenho. Vôo de helicóptero em Punta Cana

A ilha é significativamente mais cara que San Andrés e a internet é a sombra de um sinal razoável. Água quente é só para os ricos. Rs. Mas tudo compensado pelo visual de cinema.

Leia mais em:

Conheça San Andrés

Como não fazer Providência ou Porque fazer amigos

 

Veja a Galeria de Fotos: San Andrés | Fotos

 

5 Comentários

    Suellen | Em 13/01/2016
  1. Olá, Fellipe! Você viajou em que época? Estou querendo ir a San Andres, porém em dúvida sobre o mês de julho

  2. Fellipe Archanjo | Em 27/01/2016
  3. Olá Suellen, fui em setembro. Julho já é alta temporada em San Andres.

  4. Leandra | Em 16/01/2016
  5. Oi Felippe

    MUITO legal seu roteiro de san andres! Está me ajudando muito a preparar minha viagem agora pro carnaval 2016

    Você tem o contato da agência onde alugou a lancha privada para Cayo Bolívar?

  6. Mariele | Em 19/01/2016
  7. Olá, tudo bem? Vi que vocês conseguiram uma lancha particular para ir a Cayo Bolívar com um grupo de amigos. Podes me indicar a cia que levou vocês? Abraços

  8. Fellipe Archanjo | Em 27/01/2016
  9. Oi Mariele e Leandra, que bom que meus relatos tem ajudado. Eu fui em setembro. Choveu, mas teve muito sol também. Conseguimos a lancha na marina, mas não peguei o cartão do piloto. Foi uma lancha particular. Negociamos com algumas pessoas lá. Conseguimos preço é um serviço melhor porque éramos um grupo.